O Governo de Minas lançou nesta terça-feira (18/01) o Plano Recupera Minas, que destinará R$ 603 milhões em recursos estaduais para ações de suporte a pessoas e cidades afetadas pelas fortes chuvas no Estado. Após o mapeamento dos principais danos, o pacote de ações conta com medidas emergenciais em três eixos: auxílio às pessoas, apoio às cidades e infraestrutura estadual. 

O deputado Gil Pereira comemorou as ações para recuperação dos estragos causados pelos fortes temporais. “Acompanhei de perto a situação dos atingidos pelas chuvas do Norte de MG e solicitei urgente liberação de recursos para todas as cidades norte-mineiras prejudicadas pelas chuvas, dentre as mais afetadas, Rio Pardo de Minas, Porteirinha, Salinas, Monte Azul, Mato Verde, Janaúba, Montes Claros e Nova Porteirinha”, ressaltou o parlamentar. 

Auxílio para atingidos 

Uma das principais medidas do Recupera Minas refere-se à destinação de R$ 1.200 por pessoa desabrigada ou desalojada no Estado. O benefício, que será pago em três parcelas mensais de R$ 400 a partir de fevereiro, auxiliará mais de 60 mil pessoas. “Cuidar das pessoas afetadas é prioridade, pois muitas delas tiveram seus bens e imóveis danificados pelas inundações. O auxílio anunciado é importante para que não faltem medicamentos, alimentos, colchões e itens de higiene, sendo um aliado na superação das dificuldades causadas pelas enchentes”, declarou o deputado Gil Pereira. 

Reconstrução das cidades

Para construção ou reconstrução de moradias populares, será destinado às prefeituras recursos de R$ 182 milhões, via financiamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Além do auxílio na futura execução das unidades habitacionais, o BDMG ofertará financiamento com juros abaixo do valor de mercado e carência estendida a micro e pequenas empresas afetadas pelos danos causados pelas chuvas.

O plano também conta com direcionamento de recursos no valor de R$ 113 milhões para desobstrução de vias e recuperação de estradas estaduais após chuvas, além de R$ 50 milhões em linhas de crédito para auxiliar municípios na pavimentação, sistemas de abastecimento de água, tratamento de esgoto, drenagem urbana, máquinas e equipamentos. 

Além disso, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) lançou edital de chamamento público destinado aos municípios que decretaram situação de calamidade pública e emergência, que poderão solicitar apoio para limpeza da cidade; abertura e recuperação de vias e estradas urbanas e rurais; retirada de barreiras; patrolamento; poda e corte de árvores e abastecimento de água.

“O Recupera Minas é um importante passo para socorrer os municípios afetados em nossa região, pois prevê medidas de rápida implementação. No momento, estamos prestando todo apoio aos gestores das cidades afetadas, para que as famílias norte-mineiras afetadas pelas enchentes vejam, na prática, a aplicação dos recursos anunciados”, pontuou o deputado Gil Pereira.

 

 

Fonte: Assessoria Dep. Gil Pereira