Histórica demanda em razão da insegurança para as pessoas que usam os trechos das rodovias (BRs 135 e 251), além dos entraves ao desenvolvimento econômico regional, o sonhado Anel Rodoviário de Montes Claros se torna realidade agora.


Graças à luta parlamentar travada pelo deputado Gil Pereira, sua conclusão significará vitória não somente para a cidade, segundo entroncamento rodoviário do país, mas para todo o Norte de Minas. Divididas em duas fases, as obras estão orçadas em cerca de R$ 180 milhões, com previsão de início da primeira etapa em março de 2022.


Os detalhes do acordo para sua execução foram definidos nesta segunda-feira (16/08/21), em São Paulo, durante reunião entre o diretor de Concessões da ECO 135, Rui Klein; a gerente Jurídica, Juliana de Faria; o subsecretário de Estado de Transportes e Mobilidade, Gabriel Fajardo; o deputado Gil Pereira; o secretário de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Fernando Marcato; e o vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Guilherme Guimarães.


Informações e decisão


Gil Pereira destacou a fundamental participação do vice-prefeito e secretário de Serviços Urbanos, Guilherme Guimarães, para o êxito da parceria: “Em nome do prefeito Humberto Souto, a atuação do vice, Guilherme Guimarães, foi muito importante nas várias etapas do projeto, devido ao seu firme conhecimento sobre o município, além das informações precisas para o licenciamento ambiental”.


E completou: “Cabe ressaltar, ainda, a importância do secretário da Seinfra, Fernando Marcato, para a tomada de decisão e sua execução, como representante do Governo do Estado, além da viabilização do acordo firmado com a concessionária ECO 135 e a Prefeitura de Montes Claros”, afirmou o deputado Gil Pereira.


Cronograma


O projeto foi dividido em duas etapas, conforme o projeto executivo. Haverá ampliação do Anel Leste (novo trecho de 2,8 km), entre o entroncamento da BR-135 (chegada de BH), com o Anel Sul, onde será feito grande elevado com alças de segurança, até o entroncamento da BR-251 (acesso à rodovia Rio Bahia). Também será executada restauração de 8 km do Anel Leste existente.

Nesta etapa está projetada, ainda, a abertura de novo trecho: Alça Nordeste (1,3 km), que liga o entroncamento da Estrada da Produção até a BR-251, atendendo à futura fábrica da Eurofarma, que deverá ser inaugurada em maio de 2022, primeiro empreendimento a se estabelecer no projetado Distrito Industrial II. Esta fase está orçada em cerca de R$ 100 milhões, com início das obras previsto para março e término para dezembro de 2022, conforme projeto a ser finalizado no final de setembro.


Anel Norte


A segunda etapa (também trecho novo) se estende da Estrada da Produção até a BR-135, no trevo para Januária, com aproximadamente 7,5 km. A expectativa é de que seu projeto fique concluído até outubro, devido à maior complexidade do licenciamento ambiental. O início das obras está previsto para o segundo semestre de 2022, com duração estimada de 18 meses para execução dos trabalhos, ao custo de cerca de R$ 80 milhões.


Esforço e luta


“Sonho que se realiza, após esforço e luta. Mais segurança e benefícios econômicos para o Norte de Minas, o Estado e o país”, ressaltou o deputado Gil Pereira, lembrando que participou de diversas audiências públicas, idas aos setores públicos responsáveis e cobranças reiteradas, desde 2007, período em que houve obstáculos variados. “Teremos melhores condições de tráfego em breve, segurança e qualidade de vida para a comunidade”, salientou Gil Pereira.


Todos os dias o trecho recebe milhares de veículos de carga, que viajam do Centro/Sul para o Nordeste/Norte, percorrendo a BR-135, a BR-365 (liga ao Triângulo Mineiro) e a BR-251 (liga à BR-116/Rio-Bahia).


O término do Anel Rodoviário evitará transtornos e acidentes, pois, segundo o DER-MG, passam pelo local mais de 10 mil carros e caminhões por dia. Além de melhorar o trânsito, eliminará o fluxo de carretas e caminhões dentro da cidade e proporcionará a implantação de novos distritos industriais.
 


Bons ventos

 

O deputado Gil Pereira ressaltou, ainda, o atual período marcado por diversas conquistas para a população de Montes Claros: “Além da realização de obras esperadas há tanto tempo, estão chegando à nossa cidade vários investimentos e empresas de diferentes setores, atraídas por condições, infraestrutura e ambiente de negócios favoráveis. Mais empregos, renda e qualidade de vida para todos os montes-clarenses. Graças à atuação do nosso prefeito Humberto Souto, referência nacional em gestão pública”.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa - Dep Gil Pereira