Nesta segunda-feira (30), o apartamento da ex-presidente Dilma Rousseff, em Ipanema, no Rio de Janeiro, foi invadido. No momento do crime não havia ninguém no imóvel e nada foi levado. 

De acordo com a Polícia Civil que investiga o caso, a ex-presidente soube do crime nesta segunda através de vizinhos. 

Os agentes solicitaram as câmeras de segurança do local para identificar a autoria do crime. 

Ainda não foram divulgados mais detalhes sobre o ocorrido.