No dia 29 de outubro, sexta-feira, o Sistema Ocemg inaugurará, na cidade de Cristália, localizada na região norte de Minas Gerais, a primeira usina de energia fotovoltaica do MinasCoop Energia - Programa de Energia Fotovoltaica do Cooperativismo. Para marcar a inauguração, será realizada, às 10 horas, uma solenidade na usina MinasCoop Energia I, com da diretoria do Sistema Ocemg e convidados, entres eles representantes do Governo de Minas e representantes locais.

Esta usina, com uma área de 2.000 m², possui 204 módulos (placas fotovoltaicas) e tem capacidade de produzir 148 Mwh/ano. O programa MinasCoop Energia prevê ainda a implantação de mais duas usinas, mais uma em Cristália e outra em Botumirim, na mesma região.

MinasCoop Energia

Ciente dos benefícios financeiros gerados pelas fontes renováveis e da preocupação mundial com as mudanças climáticas, assim como conhecedor do papel do cooperativismo no atingimento de pautas referentes aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, o Sistema Ocemg criou o Programa de Energia Fotovoltaica do Cooperativismo Mineiro: MinasCoop Energia.

A iniciativa, que vem sendo estudada há algum tempo e ganhou como aliado, no final de 2020, o Governo de Minas, foca na geração de energia autossuficiente, tendo como diferencial o cuidado no âmbito social, inerente aos valores e princípios do cooperativismo.

O programa consiste no incentivo às cooperativas para a construção de usinas fotovoltaicas para suprir a demanda de energia de suas unidades, com doação de parte dessa energia a entidades filantrópicas de saúde em todo o Estado.

Em Belo Horizonte, o Sistema Ocemg contará com a parceria da Cooperativa Central dos Produtores Rurais (CCPR) e do Sicoob Credicom, que construirão usinas para autogeração de energia e doarão uma parte da produção para a Santa Casa de Misericórdia da capital. Estudos preliminares demonstraram que o gasto mensal da instituição de saúde com as contas de energia gira em torno de R$ 100 mil, o que significará, ao final de 12 meses, uma economia de mais de R$ 1 milhão, que poderão ser investidos em melhorias para o atendimento do público.

O MinasCoop Energia foi, então, construído tendo como base três pilares: econômico, visando a redução de custos e a economia de recursos; ambiental, focado na geração de energia limpa; e social, voltado para suprir a necessidade energética de entidades filantrópicas de Minas Gerais. Para mais informações sobre o projeto MinasCoop Energia, acesse o link https://sistemaocemg.coop.br/projeto/minascoop-energia/.

Desenvolvimento local

O município de Cristália integra a microrregião mineradora do Jequitinhonha. Tem aproximadamente 5.992 habitantes (IBGE/2021), com cerca de 54% da população vivendo na zona rural. De acordo com informações da Prefeitura Municipal de Cristália, a economia da cidade é baseada na agricultura e pecuária de subsistência, com destaque para a produção de milho, mandioca, feijão, cana, café e arroz.

Cristália foi escolhida para receber as primeiras usinas fotovoltaicas do Sistema Ocemg por possuir níveis de irradiância solar e temperatura ambiente propícias para a instalação deste tipo de empreendimento. Além disso, as extensões de terrenos disponíveis para arrendamento atendiam à demanda da organização, que pode, desta forma, movimentar a economia da cidade e promover o desenvolvimento local, empregando para a construção da usina mão de obra local. A sustentabilidade, a preservação e conservação do meio ambiente também estão no foco do programa. Foi mantida a vegetação peculiar e as belezas naturais da área que recebeu esta primeira usina de energia fotovoltaica do programa MinasCoop Energia.

O presidente do Sistema Ocemg, Ronaldo Scucato, ressalta a importância da iniciativa. “Atuando com este foco, promovendo o desenvolvimento local e a sustentabilidade, as cooperativas mineiras dão exemplo, para o nosso Estado e para todo o país, do que devemos fazer para a produção de energia limpa e renovável”. O dirigente afirma ainda que o programa visa englobar cooperativas de todas as regiões de Minas Gerais.

Sistema Ocemg

O Sistema Ocemg é formado pela junção de duas instituições: o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg), órgão de representação política, sindical-patronal e de defesa do cooperativismo no Estado; e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo de Minas Gerais (Sescoop-MG), responsável pelas atividades de formação profissional, monitoramento e promoção social das diversas cooperativas de Minas. A Ocemg ainda integra a Federação dos Sindicatos das Cooperativas dos Estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais e Santa Catarina (Fecoop-Sulene). Pronto para atuar em benefício do crescimento e desenvolvimento do cooperativismo mineiro, o Sistema proporciona orientação e apoio para a gestão eficiente do setor, oferecendo cursos, treinamentos, palestras e seminários que integram e fortalecem as sociedades cooperativas.

 

 

Fonte: Luciana d'Anunciação - ETC Comunicação