Ester Cândida Pereira da Silva, aluna do primeiro período do Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia, será a representante do Faculdade Senac Minas no 3° Concurso Gastronômico Prato Junino – Arraial de Belo Horizonte/ edição 2022. 

Seu prato junino “Bolinho Tão João” foi selecionado entre outros sete concorrentes, elaborados por alunos de variados períodos do curso. Destacando que é a primeira vez que ela participa de uma competição como esta, a graduanda comenta que é grande sua expectativa. “Participar deste evento de tamanha importância em Belo Horizonte, de um ângulo totalmente diferente, atuando e vivenciando de perto cada detalhe. E poder apresentar um pouco do meu trabalho no qual tenho me dedicado há três anos, com todo amor possível”. 

Ester explica como elaborou o Bolinho Tão João. “É um conjunto de inspirações: um bolo de milho que minha mãe faz e minha paixão por ingredientes locais de tanta qualidade e que precisam ser notados pelo mundo!”, afirma. 

A graduanda salienta a importância do Senac estimular os alunos a participarem de eventos como este. “Uma instituição só se empenha naquilo que de fato ela acredita. O apoio do Senac sem dúvida foi a mola propulsora de tudo isso. Ter este apoio e respaldo, em todas as etapas do concurso, nos fez sentir abraçados e cuidados durante todo caminho”.  

Neste mesmo sentido, Cristiana Gomes, Coordenadora do Núcleo de Extensão da Faculdade de Gastronomia, ressalta a relevância da atividade. “A participação dos alunos da Faculdade no 3° Concurso Gastronômico Prato Junino – Arraial de Belo Horizonte é uma oportunidade ímpar para os discentes vivenciarem um concurso gastronômico que conta com profissionais conceituados do segmento de Belo Horizonte e divulgarem seu trabalho e talento como cozinheiros profissionais em formação”.

Sobre a seleção interna para o concurso, Cristiana comenta que o Senac fez uma pré-seleção dos pratos inscritos, por uma comissão interna, composta por docentes de disciplinas práticas e teóricas. Os alunos selecionados apresentaram suas preparações para uma degustação prévia com docentes da Faculdade, visando a realização de ajustes pontuais e aprimoramento dos preparos e sabores. 

Cristiana recorda que a participação da Faculdade de Gastronomia do Senac nas edições anteriores do evento foram muito bem sucedidas. “Foi incrível, tivemos duas vencedoras com Pratos Juninos inesquecíveis, Ana Cláudia, com o prato “Camadas de Junho”, em 2018, e a Ísis, com o prato “Pé de Milho”, em 2019. Neste ano, os alunos se superaram e surpreenderam muito positivamente todos que experimentaram as criações gastronômicas, tão saborosas e cheias de significado e história. Os oito pratos que concorreram foram muito elogiados pelos jurados. Todos os alunos brilharam e nos encheram de orgulho!”, declara. 

Senac no Arraial de Belô 

O prato Bolinho Tão João será apresentado no evento que acontece nos dias 29, 30 e 31 de julho e nos dias 13 e 14 de agosto, na Praça da Estação. 

O 3º Concurso Gastronômico Prato Junino do Arraial de Belô 2022 tem como objetivos promover e enaltecer a culinária e os elementos típicos da época junina de uma forma acessível e inovadora, além de estimular a criatividade e competitividade sadia entre os acadêmicos dos cursos superior de gastronomia na cidade, a fim de fortalecer e integrar os setores da cadeia produtiva gastronômica ao tradicional evento “Arraial de Belo Horizonte”. 

Sobre o Senac em Minas 

Com um olhar atento às tendências mundiais e no contexto da Revolução 4.0, o Senac tem como propósito oferecer educação profissional de qualidade, com base nas demandas empresariais e sociais, e nas tendências do mundo do trabalho, da inovação e dos princípios de sustentabilidade. O portfólio de cursos da instituição é desenvolvido com base na necessidade do mercado, considerando pesquisas, estudos e contatos diretos com os empresários. São 40 unidades educacionais distribuídas no estado e 12 carretas móveis que reproduzem os ambientes das salas de aula.  

O Senac oferece opções de cursos livres, técnicos, graduação e MBA, que permitem uma formação complementar transversal, o chamado itinerário formativo. O aluno pode traçar sua trajetória partindo dos cursos de formação inicial chegando ao ensino superior ou vice-versa. Além disso, a variedade de segmentos de atuação (gestão, saúde, gastronomia, comércio, idiomas, tecnologia da informação, moda, segurança, beleza, meio ambiente, turismo, design, produção de alimentos, entre outros) corroboram com uma formação diferenciada. 

 

Fonte: Luciana d'Anunciação - Relacionamento com Imprensa - Rede Comunicação que transforma