O número de roubo e furto de carros no Brasil aumenta a cada ano. Especialistas acreditam que em 2019 foram roubados cerca de 80 veículos por hora em todo país. Quase dois mil carros roubados ou furtados por dia.

 Confira a lista dos carros preferidos dos ladrões:

1 – Volkswagen Voyage

2- Volkswagen Amarok

3 – Fiat Grand Siena

4 – Volkswagen Gol acima de 1.0

5 – Renault Logan

6 – Fiat Uno Way

7 – Nissan Frontier

8 – Fiat Cronos

9 – Volkswagen Fox acima de 1.0

10 – Toyota Hilux

Dividindo o país em regiões, é possível afirmar que a região Sudeste é a que apresenta maior número de roubos e furtos de veículos com base nos números de anos anteriores. Logo após, aparecem as regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul.

 

O que fazer para evitar que o seu carro seja roubado?

A melhor saída é a prevenção. Se você tem um carro, é fundamental estar informado sobre a posição e ser avisado caso alguma anormalidade ocorra com o veículo, principalmente quando você estiver dirigindo.

Com os rastreadores é possível dispor de várias funções que protegem e inibem a ação dos criminosos, tais como o acionamento de botão de pânico (uma central especializada para atenderá a ocorrência), acesso às posições do veículo minuto a minuto e o cadastro de cercas eletrônicas, que limitam as áreas seguras de acordo com as rotas que você definir.

 

Os rastreadores veiculares estão cada vez mais conquistando adeptos no Brasil. Eles possuem um sistema de localização, via GPS ou radiofrequência (RF), que permite monitorar em tempo real a posição geográfica do veículo.

Geralmente, são usados mais por quem tem carro, mas podem ser adotados também por motociclistas.

Um dos objetivos do uso destes equipamentos de rastreamento é conferir mais segurança ao proprietário do veículo. E esta segurança se estende ao patrimônio.

Como recuperar o carro roubado:

Identificação do crime e acionamento da empresa: o primeiro passo para fazer a recuperação de carro roubado. Antes mesmo de avisar à polícia

A primeira coisa que uma pessoa tem de fazer ao ter seu carro rastreado roubado ou furtado é acionar a empresa que vendeu e gerencia o sistema de rastreamento.

Isso é para que eles possam acompanhar mais atentamente o carro, tendo ciência que trata-se de um veículo que foi subtraído de seu proprietário.

Com isso, é possível manter o veículo em uma vigilância mais emergencial.

Além disso, a empresa também pode destinar, em alguns casos, uma equipe para acompanhar e vigiar o veículo de perto.

O rastreamento torna o trabalho da polícia mais fácil e ágil

Em boa parte dos casos, a recuperação de carro roubado é mais simples pois muitos criminosos abandonam o veículo.

E fazem isso em locais onde a recuperação do veículo é facilitada. Agora, nem sempre é assim.

Muitas vezes, a polícia local precisa ser acionada para ir atrás do veículo e recuperar o carro roubado.

E este trabalho é agilizado e facilitado pelo rastreamento. Pois a empresa responsável pelo monitoramento pode informar em tempo real a polícia sobre a localização do veículo, economizando um tempo crucial na recuperação de carro roubado.

Até porque alguns veículos são roubados para desmanche, o que demanda um resgate rápido que, na maioria das vezes, é feito pela polícia.

Porém, em algumas situações, como em viagens entre cidades, ou locais com pouco policiamento, esta pode não ser a solução mais indicada.

É possível impedir uma fuga para longe com um simples dispositivo adicional

Alguns sistemas de rastreamento de veículos oferecem, além do rastreador veicular, também dispositivos adicionais para reforçar a segurança.

Inclusive para facilitar a interceptação do veículo e aumentar as chances de recuperação de carro roubado.

Um deles é o dispositivo de bloqueio, que trava a ignição do veículo, obrigando-o a ficar parado.

Quando ele está presente no carro e é acionado, boa parte das vezes os criminosos não tem outra alternativa a não ser abandonar o veículo, facilitando para uma equipe de vigilância da empresa de rastreamento fazer a recuperação deste carro roubado.

 

O especialista em recuperação de veículos roubados da APVS – Associação de Proteção veicular e Serviços, Gustavo Simões, está à disposição da imprensa para falar sobre o assunto.

Ele poderá ir pessoalmente às redações e estúdios ou mesmo falar por telefone.

Serviço:

Fonte: Gustavo Simões, diretor da APVS Brasil