Na última segunda-feira (13), foi aprovado, em primeiro turno, na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), um projeto de lei (PL), que que prevê a extinção da BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte).  

De acordo com o texto, no lugar da atual BHTrans será criada a Superintendência de Mobilidade do município (Sumob). A proposta teve 37 votos favoráveis e apenas 3 contrários. 

A PL teve o ante projeto assinado pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), e agora segue para a tramitação em segundo turno nas comissões temáticas. A previsão é de que a próxima votação aconteça na primeira semana de outubro. 

A sessão que analisou o projeto durou cerca de uma hora. Um dos principais pontos abordados foi sobre o aproveitamento do quadro de funcionários da BHTrans.  

Caso seja aprovado, a Sumob será vinculada à Secretaria Municipal de Política Urbana e poderão planejar, organizar, fiscalizar, gerenciar o trânsito e os serviços de transporte regulamentados, implantar políticas de sustentabiidade viárias no município, assinar contratos, convênios e outros documentos com a atual empresa de trãnsito e com outras da area.  

Ainda segundo o texto, a PBH terá até 15 anos para extinguir a BHTrans após a sansão da lei.