No fim da tarde da última quinta-feira (18), uma mulher, de 41 anos, e um bebê, de cinco meses, morreram atropelados por um motorista inabilitado. O carro invadiu a calçada, no bairro Dona Silva, em Sete Lagoas, região Central de Minas Gerais e acabou atingindo as vítimas.  

O motorista estava em uma festa e saiu para comprar mais bebidas, de acordo com testemunhas, ele dirigia em alta velocidade.  

Segundo a Polícia Militar, as testemunhas relataram que o motorista perdeu o controle da direção e acabou subindo na calçada onde estavam Adriana Pereira e Bryan Henrique. Eles foram atingidos pelo carro, e Adriana, que era babá da criança, ficou presa embaixo do veículo.  

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi chamado e no local constatou a morte de Adriana. Bryan chegou a ser socorrido e levado até um hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos. 

Cinco pessoas estavam dentro do carro no momento do atropelamento.  

Moradores da região, revoltados com o acontecimento, destruíram a casa do motorista que fugiu e segue procurado pela polícia. Seu nome não foi divulgado.  

O dono do carro também foi preso por emprestar o veículo a alguém sem carteira.