Dia 14 de outubro, de acordo com o calendário, as famílias em situação de extrema pobreza de Minas Gerais terão direito ao Auxílio Emergencial Mineiro. No valor R$ 600,00, o dinheiro será depositado em parcela única para cerca de 1 milhão de lares em todo o estado.  

De acordo com o Governo de Minas, não será necessário realizar nenhum pré-cadastro. Terão direito a receber o benefício, automaticamente, todos os mineiros com renda per capita de até R$ 89,00 e que estejam cadastrados na base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).   

O cidadão pode verificar se tem direito ao benefício acessando o site www.auxilioemergencialmineiro.mg.gov.br, consultando se é elegível informando o número de CPF ou NIS - Número de Inscrição Social do Responsável Familiar cadastrado no CadÚnico. O valor máximo que cada família receberá será de R$ 600,00 independentemente da quantidade de membros. 

O valor será pago exclusivamente no banco da Caixa Econômica Federal, através do aplicativo ‘Caixa Tem’. O auxílio cairá de modo imediato nas contas, e para que não tem conta no banco, será criada uma conta automática que o usuário poderá acessar pelo aplicativo.  

Caso o cidadão não tenha celular, basta comparecer a uma agência da Caixa ou a uma Casa Lotérica, levando um documento de identificação com foto, para que consiga fazer o saque do Auxílio Emergencial Mineiro. 

Confira o calendário:  

Famílias prioritárias (mês de nascimento do responsável):  

Janeiro e Fevereiro – 14/10/2021 
Março e Abril – 15/10/2021 
Maio e Junho – 18/10/2021 
Julho e Agosto – 19/10/2021 
Setembro e Outubro – 20/10/2021 
Novembro e Dezembro – 21/10/2021 

Famílias não prioritárias (mês de nascimento do responsável): 

Janeiro e Fevereiro – 22/10/2021 
Março e Abril – 25/10/2021  
Maio e Junho – 26/10/2021 
Julho e Agosto – 27/10/2021 
Setembro e Outubro – 28/10/2021 
Novembro e Dezembro – 29/10/2021