É notável o empenho da Polícia Militar de Minas Gerais, no combate aos crimes cometidos contra os motoristas de aplicativos, na proteção da pessoa e na preservação da ordem, principalmente nos municípios da Grande Belo Horizonte, tais como a própria capital mineira, se estendendo para as cidades de Sabará, Contagem e Vespasiano.

A crise provocada pelas ações dos governos estaduais e municipais, durante a pandemia de coronavírus, no intuito de conter o avanço de contaminações, tem aumentado a níveis insuportáveis o número dos crimes de roubo à mão armada, assaltos e de latrocínio, que os meliantes cometem contra a vida dos motoristas dos aplicativos.

As equipes da PMMG têm dado uma resposta à altura da gravidade de tais crimes, mediante ação ostensiva contra as ações dos bandidos, e, nesse diapasão, somente do dia 02 de Janeiro de 2021, até o dia de ontem, onze pessoas, entre elas um adolescente, foram presas, ou seja, uma pessoa detida a cada dia.

Armas de fogo, armas simuladas, que parecem armas autênticas e verdadeiras, armas brancas, e outras, foram usadas pelos criminosos para intimidar e praticar assaltos contra os motoristas que trabalham com aplicativos.

Os municípios de Betim e São José da Lapa também estão fazendo parte desse quadro e nas mesmas condições, ensejando maior atenção policial.

O Coronel Eduardo Felisberto informou que as ações serão ainda mais intensificadas, e estarão voltadas também para a prevenção das ocorrências, o que vai exigir da PMMG uma dedicação ainda mais incisiva.

O propósito da corporação é trazer, o mais cedo possível, tranquilidade aos motoristas dos aplicativos e de seus usuários e para isso não serão medidos esforços.

 

 

 

Fonte: PMMG