Após um mês de julho de resultados favoráveis, o terminal mineiro estima um alto fluxo de pessoas em agosto. No período são esperados cerca de 810 mil passageiros e 7,1 mil operações de aeronaves, um crescimento de 34% em relação a igual mês do ano passado. Essa movimentação representa uma retomada de 86% do fluxo pré-pandemia.  

 A pontualidade é um dos destaques nesse panorama, diante do número recorde de 34.357 passageiros por dia alcançado nas férias de julho, sobrepondo o índice de 26.852 passageiros por dia registrado no mês anterior. “Além de demonstrar a expressiva recuperação do segmento, a crescente movimentação reforça o nosso compromisso em fortalecer o hub de conexões do aeroporto e priorizar o atendimento às expectativas dos passageiros, mantendo o foco em oferecer sempre a melhor experiência aeroportuária”, ressalta o diretor de Operações e Infraestrutura da BH Airport, Herlichy Bastos.   

 Além das rotas internacionais (Lisboa/Portugal e Panamá), o aeroporto estará conectado aos seguintes destinos domésticos neste mês, entre voos extras e regulares: Belém (PA), Barreiras (BA), Brasília (DF), Cabo Frio (RJ), Campinas (SP), Carajás (PA), Comandatuba (BA), Congonhas (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Guanambi (BA), Guarulhos (SP), Governador Valadares (MG), Goiânia (GO), Ilhéus (BA), Ipatinga (MG), Jericoacoara (CE), João Pessoa (PB), Jundiaí (SP), Maceió (AL), Marabá (PA), Montes Claros (MG), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Porto Seguro (BA), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Salvador (BA), Santos Dumont (RJ), São José do Rio Preto (SP), São Luís (MA), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Vitória (ES), Vitória da Conquista (BA).   

O desempenho do aeroporto foi reconhecido pelo OTP Report, relatório de performance de pontualidade de aeroportos e companhias aéreas, publicado mensalmente pela Cirium, empresa especializada em dados para a aviação. Na alta temporada de julho, o terminal mineiro foi o mais pontual das Américas e o 4º do mundo, na categoria aeroportos de média escala.  No ranking mundial, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte representou o Brasil com o OTP (On-Time Performance) de 91,25%, seguindo os japoneses Kagoshima Airport (OTP de 93,36%), Sendai Airport (OTP de 94,20%) e Chubu Centrair International Airport (OTP de 95,85%).     

 Ações contra a Covid-19      

A utilização da máscara de proteção facial continua sendo obrigatória no saguão do aeroporto, na sala de embarque e nas aeronaves. O setor de aviação segue todas as orientações das autoridades de saúde e da Agência de Aviação Civil (Anac) para que os visitantes, a comunidade aeroportuária e os passageiros se sintam seguros para voar e circular no terminal. O aeroporto disponibiliza dispensers de álcool em gel, barreiras de proteção nos locais de atendimento aos usuários e adesivos informativos para piso, assentos, banheiros e elevadores.       

Sobre a BH Airport       

 A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e por Zurich Airport, operador do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil.   

 

Fonte: Imprensa - Bh-Airport