“Patrimônio techno no Brasil”. Assim é como a jornalista Cláudia Assif classifica o DJ Anderson Noise. Depois de 30 anos de carreira, ele se tornou protagonista do livro “O barulho da lua”, assinado por Assif. A obra conta a trajetória desse mineiro que rompeu as fronteiras da capital e ganhou o mundo com a música eletrônica. No estúdio do Alto-Falante, é o próprio Noise quem vai contar toda a saga que o fez alcançar sucesso. O programa vai ao ar neste sábado, às 14h, pela Rede Minas.

Também na programação de sábado, o Hypershow traz uma homenagem a Caetano Veloso. Do violoncelo à percussão, Cliver Honorato e a banda Batuque Cello ousaram na experimentação e deixaram suas identidades nos grandes sucessos do baiano. O espetáculo foi gravado pela Rede Minas e é exibido, pela primeira vez na TV, no programa Hypershow, às 17h.

Para encerrar a noite, o Nuturno estreia uma série que traz, do palco para a tela da TV, apresentações de acordeonistas de diversas partes do mundo. Neste sábado, é a vez dos sergipanos Lulinha Alencar e Mestrinho em uma homenagem a Dominguinhos. A série mostra shows, inéditos na TV, gravados pela Rede Minas no Festival Internacional de Acordeon, que aconteceu em Belo Horizonte. O programa vai ao ar às 23h30.

SERVIÇO:
ATRAÇÕES MUSICAIS SÁBADO (15/02), NA REDE MINAS:
- Alto-Falante, às 14h. Apresentação Terence Machado, Adriano Falabella e Sabrina Damasceno
- Hypershow, às 17h. Apresentação Luiz Flávio Lima
- Noturno, às 23h30. Apresentação Túlio Mourão

Fonte: Rede Minas