Muitos homens e mulheres desejam preparar-se para o verão e já começam a academia ou uma dieta meses antes da estação. Mas, além desses cuidados, alguns procedimentos estéticos também tem a procura aumentada nos meses que antecedem o fim de ano.

Os tratamentos estéticos são recursos que ajudam a melhorar um resultado que não foi totalmente alcançado com os exercícios físicos ou a dieta e também servem para pessoas que têm pequenas insatisfações há tempos.

Antes do verão, os procedimentos estéticos mais procurados são aqueles que melhoram o contorno corporal e também que combatem o envelhecimento facial. 

4 tratamentos estéticos mais procurados antes do verão

Alguns dos fatores a serem avaliados nos tratamentos estéticos antes do verão é o tempo de recuperação e também o período no qual a exposição ao sol é contraindicada.

A seguir confira 4 dos tratamentos estéticos mais procurados nessa época e quais são as indicações de cada um deles.

1. Lipoaspiração

A lipoaspiração é o tratamento recomendado para remoção da gordura localizada em diferentes partes do corpo como abdômen, flancos, costas, parte interna das coxas, joelhos, glúteos e outros.

Além disso, o paciente pode optar por uma mini lipoaspiração para remover gorduras localizadas menores, como é o caso da papada e da gordura na dobra da axila.

Nesse procedimento é utilizada uma solução de Klein para reduzir o sangramento e uma cânula é usada para aspirar a gordura presente no tecido adiposo.

A recuperação costuma ser tranquila, mas a paciente deverá ficar de repouso por 7 dias e as atividades mais intensas podem ser retomadas entre 20 e 30 dias.

Recomenda-se evitar a exposição solar no primeiro mês, pois os edemas decorrentes do procedimento cirúrgico podem causar manchas na pele. Após a redução do inchaço os resultados já começam a ser observados.

2. Abdominoplastia

A abdominoplastia é a técnica recomendada para remoção do excesso de pele e flacidez abdominal, de forma que ela e a lipoaspiração podem ser associadas para um resultado mais satisfatório quando a paciente se incomoda com a gordura localizada e a pele.

Esse procedimento é recomendado para pacientes após a cirurgia bariátrica, que resulta em uma grande perda de peso, mas também em situações variadas, como após múltiplas gestações, oscilações de peso ou tendência genética.

Nessa técnica é realizado um descolamento subcutâneo da pele e da musculatura do reto abdominal. Os músculos abdominais são suturados para que fiquem mais rígidos, o que resultará em uma barriga mais plana e definida. 

A pele em excesso é esticada para baixo e removida e as incisões são fechadas. Na técnica clássica a incisão é realizada desde a região acima do umbigo e há a recolocação dessa estrutura.

O paciente também pode optar pela mini abdominoplastia que concentra a remoção de pele e sutura dos músculos na região acima do púbis. Nesse caso a quantidade de pele retirada é menor, assim como a cicatriz. 

Na recuperação da abdominoplastia o uso de cinta compressora deve ocorrer por, pelo menos, 35 dias, dessa forma, não será possível se expor ao sol nesse período.

3. Drenagem linfática

A drenagem linfática é um tratamento indicado para diminuição da retenção de líquido, melhora da circulação sanguínea, combate à celulite e relaxamento corporal.

Não se trata de uma técnica cirúrgica, portanto, não tem contraindicações em relação à exposição solar. Para melhores resultados, a indicação é fazer pelo menos 5 sessões da técnica, mas consiste em um tratamento, de forma que deve ser realizado continuamente.

No procedimento, o profissional estimula o sistema linfático, que é responsável pela filtragem e eliminação da linfa, líquido que fica retido entre as células e que pode conter proteínas, glóbulos brancos, microrganismo, células mortas, células sanguíneas e também bactérias e toxinas.

Portanto, a eliminação da linfa é importante para reduzir o inchaço corporal e também os efeitos negativos desse acúmulo de líquido, como as celulites.

4. Botox

Outro tratamento muito procurado antes do verão é o Botox, recomendado para amenizar e prevenir sinais do envelhecimento facial.

O procedimento usa a toxina botulínica, uma substância que promove a interrupção da transmissão dos sinais neurais aos músculos faciais, impedindo, parcial ou totalmente, a contração da musculatura da face.

Antigamente, o Botox era um tratamento associado a uma face paralisada e artificial, no entanto, a correta aplicação da substância suaviza as rugas dinâmicas sem deixar a face com esse aspecto.

Um exemplo de uso do Botox é para amenizar os pés de galinha, rugas dinâmicas que se formam no canto dos olhos conforme a pessoa sorri ou fala. Com a menor contração da musculatura esses sinais são amenizados e tem menos chances de formar as rugas permanentes.

A recomendação é que após a aplicação do Botox o paciente não se exponha ao sol no mesmo dia, mas pode manter a rotina normalmente, o que faz desse um tratamento eficaz no verão.

Recomenda-se, no entanto, o uso diário do protetor solar facial para aumentar a duração do tratamento e evitar outros sinais de envelhecimento da face.

Portanto, são diversos os tratamentos estéticos que podem ser feitos antes do verão. Converse com um cirurgião plástico que é o profissional mais capacitado a realizar esses procedimentos, inclusive a aplicação de Botox.