A maternidade é vista como um ‘milagre’ para muitas pessoas, mas no futebol é encarada como um desafio. Jogadoras e profissionais do esporte vivem as comemorações e, também, o preconceito, o julgamento e a dúvida de ficar em campo. No programa Mulhere-se, desta quarta (05), a médica do América Futebol Clube Flávia Magalhães, que também passou pela Seleção Brasileira Feminina, fala sobre a experiência de ser mãe e o esporte.

No programa, os desafios das mulheres que vivem do gramado. Os obstáculos são muitos, mas “a questão materna é possível, mesmo em um cenário tão machista”, como resume Flávia Magalhães, que acompanhou a seleção grávida de cinco meses. O público também confere a história emocionante de Tamires, atleta mineira que foi escalada para representar o Brasil em campeonatos mundiais e hoje dá exemplo de que a maternidade e o futebol podem caminhar juntos.

O episódio com Flávia Magalhães faz parte da temporada do Mulhere-se que trata sobre o futebol feminino. Em cada edição, o programa traz informações e curiosidades que vão desde treinos e estratégias até o preconceito e os desafios que as profissionais que trabalham com o esporte têm que enfrentar.

Conduzido por Sara Silva Ribeiro, o programa se destacou por dar voz à  sociedade feminina e foi ganhador do prêmio internacional no Festival Iberoamericano da Cultura Viva, em 2017, e o prêmio Mineiro de Direitos Humanos, no mesmo ano.

O Mulhere-se com Flávia Magalhães vai ao ar nesta quarta (05), às 20h30, pela Rede Minas. O público também pode acompanhar a atração pela internet, no site da emissora: redeminas.tv.

SERVIÇO:
Mulhere-se -  6ª Temporada: “Esquema tático”
5º episódio: “Liberdade dos corpos”, com a médica Flávia Magalhães – quarta, dia 05/02, às 20h30