O Ministério do Esporte da Espanha aprovou nesta quinta (30) os planos da La Liga (Liga de Futebol da Espanha) para que os clubes realizem testes para covid-19 antes de retornarem aos treinos, pois o campeonato caminha para reiniciar em junho após ter sido suspenso por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os atletas que atuam na Espanha foram forçados a treinar em casa desde o início de março em razão de um dos mais estritos confinamentos da Europa, mas o primeiro-ministro Pedro Sanchez anunciou que as equipes estão liberadas para iniciar treinos individuais a partir da próxima segunda.

Foi realizada uma reunião entre o Ministério do Esporte e dirigentes da La Liga, da federação espanhola de futebol, da Associação Espanhola de Jogadores e dos principais clubes do país, como Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madri. No encontro, o ministério informou que a equipe médica dos clubes poderá realizar os testes. O treinamento individual faz parte da segunda fase do plano de afrouxamento social na Espanha.

A fase três envolve treinos em pequenos grupos de até oito jogadores, enquanto a fase quatro se refere ao treinamento com o grupo completo, que precisa durar pelo menos duas semanas antes do retorno dos jogos.

As partidas não voltarão até a fase quatro, com 11 rodadas da Liga e a final da Copa do Rei ainda por disputar.

Enquanto a França anunciou o final de sua temporada com o PSG conquistando o título, todas as principais instituições esportivas da Espanha, incluindo o Ministério do Esporte, se comprometeram a completar a temporada.

O presidente de La Liga, Javier Tebas, disse que não terminar a temporada levaria a prejuízos de até 1 bilhão de euros.

Fonte: Agência Brasil
Foto: Google Imagens