Na última terça-feira (26), o filho de Laerte Coutinho, confirmou que a cartunista foi transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do hospital Incor, em São Paulo, para tratamento da Covid-19. 

De acordo com o filho, Rafael Coutinho, a artista “piorou lentamente” devido a complicações da doença. Laerte tem 69 anos e está internada desde o dia 21 de janeiro. 

No dia 22 de janeiro, Laerte havia se pronunciado via redes sociais informando que estava com Covid-19 e com evolução satisfatória “Gentes queridas - peguei covid. Tou sob bons cuidados e a evolução está satisfatória.” Contudo, o quadro de Laerte se agravou nos últimos dias. 

O boletim médico divulgado pelo hospital informou que a artista “permanece consciente e comunicativa, em tratamento medicamentoso e com suporte ventilatório não invasivo, por meio de cateter de alto fluxo" 

Leia na íntegra o comunicado feito por Rafael: 

"Prezades, amigos, fãs, leitores e entusiastas da Laerte, meu pai: 
Escrevo aqui em nome da família, para atualiza-los sobre a atual condição de saúde dela. Como muitos já sabem, Laerte está internada com Covid desde o dia 21 de janeiro, no INCor. Está sendo supervisionada pelo dr. Ubiratan Paula Santos. A condição piorou lentamente, e ela foi internada na UTI na noite passada. O estado ainda não é grave, mas requer cuidados mais rigorosos. Ela deve ficar por no mínimo mais uma semana lá, e estamos acompanhando dia a dia a evolução, na torcida para que melhore. 
Agradecemos a todes que mandaram mensagens de apoio e carinho, se disponibilizando a ajudar das formas mais variadas. Obrigada, em nome da Laerte, é muito bonito demais ver o amor de todes pelo meu pai. 
Aos que tem contato direto por whatsapp e redes sociais, peço gentilmente para que não mandem mensagens diretas para ela. Ela precisa de repouso, não forçar a respiração e controlar a ansiedade. Aos amigos jornalistas, peço também para que não entrem em contato conosco, é um momento complexo para nós, mobilizados para dar conta de todas as frentes relativas à sua vida pública e privada. Atualizaremos a todes quando for possível. Acendam uma vela e mandem boas vibrações, ela está precisando. 
Um grande beijo, 
Rafael e família "