Na manhã desta quinta-feira (28), a casa do cantor Nego do Borel, no Recreio dos Bandeirantes, foi alvo de um mandado de busca e apreensão pela Polícia Civil de São Paulo com apoio de policiais cariocas.  Além deste local, uma segunda casa, em São Paulo, onde o cantor estava no momento da ação, também foi alvo da polícia.  

As buscas na casa do artista estão relacionadas as denúncias feitas pela ex-noiva do cantor, Duda Reis, que após o fim do relacionamento, relatou na internet que sofria abusos físicos e psicológicos do funkeiro. Ela também alegou ter sofrido violência física e ameaças. Nego do Borel nega as acusações e também prestou queixa contra Duda, por calúnia e difamação.  

Os agentes recolheram telefones e computadores que possam ter conteúdos que ajudem nas investigações, além de R$470 mil em dinheiro e o passaporte do funkeiro. A assessoria de imprensa do cantor ainda não se manifestou.