O governador de São Paulo, João Dória (PSDB), está deitando e rolando... Candidatíssimo à presidência da República, ele corre em paralelo a toda esta barafunda que, hoje, impera no país. De uns tempos para cá, o empresário da comunicação participa de eventos variados com o objetivo de se expor ao eleitorado e marcar uma posição desenvolvimentista. Dória anuncia grandes obras no território com a mais rica economia do país: a despoluição do Rio Pinheiros, ampliação da rede de metrô e melhorias no rodoanel. Justiça seja feita, toda esta sua movimentação desenvolta cabe os méritos ao ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que deixou a administração paulista um brinco, inclusive no tocante à previdência do funcionalismo.