Os jogadores da seleção brasileira, juntamente com a comissão técnica, decidiram que irão disputar a Copa América no Brasil, que começa no próximo domingo (13). 

A possibilidade de não participar do campeonato foi analisada quando Rogério Caboclo ainda era o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Contudo, Caboclo foi afastado após ser acusado de assédio sexual por sua secretária. 

A decisão dos atletas ainda será comunidade formalmente junto de um manifesto que critica à organização do evento em meio à pandemia da Covid-19. 

Ainda não há um consenso sobre quando a informação será divulgada. Há uma possibilidade   que o documento seja publicado antes da partida contra o Paraguai, às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira (8), pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. 

O Brasil vai estrear o torneio diante da Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. A lista dos jogadores será anunciada nesta quarta-feira (10).