A doação de medula óssea é importante para o tratamento de pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas, como as leucemias, além de portadores de aplasia de medula óssea e síndromes de imunodeficiência congênita.

O processo para se tornar um doador e salvar uma vida é simples e você pode conferir abaixo.

Saiba as informações essenciais para ser um doador:


- O cadastro de doador voluntário de medula óssea é realizado nos hemocentros de cada cidade;

- O voluntário à doação irá assinar um termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE) e preencher uma ficha com informações pessoais. Será retirada uma pequena quantidade de sangue (10ml) para identificar suas características genéticas de forma a determinar a compatibilidade. É necessário apresentar o documento de identidade.

Para se tornar um doador de medula óssea é necessário:


– Ter entre 18 e 55 anos de idade.
– Estar em bom estado geral de saúde.
– Não ter doença infecciosa ou incapacitante.
– Não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica (do sangue) ou do sistema imunológico.

 

Para localizar o hemocentro mais perto da sua casa, clique aqui.
 

Para saber como fazer doação de medula óssea, clique aqui.