Na manhã desta segunda-feira (09), a Petrobras anunciou que aumentou o preço de venda do diesel para as distribuidoras. O novo valor passa a ser aplicado nesta terça-feira (10).  

De acordo com a estatal, o preço não sofria reajuste há 60 dias. O combustível passa de R$ 4,51 para R$ 4,91. Um aumento de R$8,9%. 

"Com esse movimento, a Petrobras segue outros fornecedores de combustíveis no Brasil que já promoveram ajustes nos seus preços de venda acompanhando os preços de mercado", disse a empresa, em nota. 

A Petrobras explicou que, além do aumento nas refinarias, o preço final do óleo diesel ao consumidor nos postos inclui ainda o preço do biodiesel (que compõe 10% da mistura final), tributos, margem de lucro da cadeia e custos, entre outros. O preço final, com o reajuste de hoje, passa de R$ 4,06 para R$ 4,42 (subindo R$ 0,36 por litro). 

Apesar do aumento, o reajuste ainda não cobre totalmente a defasagem no preço do produto em relação ao mercado internacional. Com base no fechamento de sexta-feira (06), o diesel ficou em 17% e a gasolina, 19%, segundo a Abicom (Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis).