Nesta terça-feira (25), o Ministério de Saúde publicou uma portaria que diminui de 15 para 10 dias o afastamento do trabalho causado pela Covid-19. O afastamento de 10 dias serve para casos confirmados da doença, suspeitos ou para pessoas que tiveram contato com casos suspeitos.  

A portaria ainda informa que o afastamento pode reduzir para 7 dias caso o trabalhador apresente resultado negativo em teste por método molecular (RT-PCR ou RT-LAMP) ou teste de antígeno a partir do quinto dia após o contato. Caso o trabalhador não apresente febre nas últimas 24 horas que antecedem o sétimo dia, sem uso de remédio, também poderá sair do isolamento.  

O funcionário também pode optar pelo teletrabalho, a seu critério, em casos suspeitos ou confirmados de Covid-19,  

As empresas devem disponibilizar recursos para higienização das mãos, evitar aglomeração dos funcionários, uso de máscara nos ambientes e informações sobre prevenção da doença.