Na noite desta segunda-feira (04), o Facebook divulgou um comunicado informado que a falha em seus serviços foi devido a uma “mudança de configuração defeituosa” em seus servidores.  

As redes sociais WhatsApp, Instagram e Facebook ficaram fora do ar por mais de cinco horas nesta segunda-feira (05). O defeito, além de gerar diversos transtornos e prejuízos, também rendeu uma boa quantidade de “memes” no Twitter, uma das plataformas que funcionava normalmente.  

Confira o comunicado:  

"Nossas equipes de engenharia aprenderam que as alterações de configuração nos roteadores de backbone que coordenam o tráfego de rede entre nossos data centers causaram problemas que interromperam a comunicação" disse a empresa sem dar muitos detalhes.  

"Essa interrupção no tráfego de rede teve um efeito cascata na maneira como nossos data centers se comunicam, interrompendo nossos serviços" completou.  

Além disso, a empresa alegou que “não há evidências de que os dados de usuários tenham sido comprometidos como resultado desse tempo de inatividade”, e finalizou pedindo desculpas pela pane. 

"Pessoas e empresas em todo o mundo confiam em nós todos os dias para se manterem conectadas. Entendemos o impacto que interrupções como essas têm na vida das pessoas e nossa responsabilidade de mantê-las informadas sobre interrupções em nossos serviços. Pedimos desculpas a todos os afetados e estamos trabalhando para entender mais sobre o que aconteceu para que possamos continuar a tornar nossa infraestrutura mais resiliente” finalizou.  

As ações do Facebook caíram 4,9% no momento da pane, a maior queda desde novembro de 2020. Após a retomada do serviço, as ações voltaram a subir cerca de meio por cento. De acordo com os especialistas, Mark Zuckerberg, perdeu US$ 6 bilhões com a queda das ações. 

Por volta das 18h50 de ontem o serviço das redes sociais foi normalizado.