A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, atualizou no dia de hoje, 17 de fevereiro de 2021, as informações que disponibiliza, a todos os interessados, a respeito da evolução das análises dos documentos exigidos para a certificação e autorização para uso emergencial, dos imunizantes cujos produtores deram entrada em seus requerimentos, junto àquela instituição oficial.

Abaixo, pode-se observar o status atual da Astrazeneca, Butantan, Fiocruz, Pfizer e Jansen:

 

Fica evidenciado, no caso do imunizante do Instituto Butantan, que 14,88% da documentação exigida está sendo superada, não por ter sido apresentada em sua totalidade e com todos os dados, mas por uma análise da relação Benefícios x Riscos, sob Termo de Compromisso.

 

 

 

Fonte: ANVISA