A crise que a covid-19 impôs sobre o Brasil e o mundo afetou diversos setores da economia e causou impacto na geração de empregos. Porém, a demanda por profissionais da saúde aumentou no país – segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), há 2,6 milhões trabalhadores da área com carteira assinada em território nacional. Apenas na região Sudeste, houve o aumento de 12,5% nas contratações de especialistas qualificados desde o início das contaminações por coronavírus. 

Para a coordenadora do curso de Farmácia da Faculdade Pitágoras, professora Lorena Vieira, este momento é uma oportunidade para aqueles que estão em dúvida sobre qual caminho seguir na educação superior. “É um fato que a demanda para reter talentos graduados na área da saúde está aumentando, por isso é fundamental garantir que os estudantes acompanhem a evolução do mercado”, afirma a acadêmica. Segundo a Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior, as graduações que tiveram maior evolução na procura são as de Psicologia, Enfermagem, Fisioterapia, Odontologia, Medicina, Biomedicina e Farmácia

Com discussões sobre doenças e tratamentos em evidência, há mais exigência na qualificação de profissionais, que precisam de conhecimento e capacitação para lidar com os desafios do cenário pandêmico e pós-pandêmico. Para a docente, o aquecimento no mercado se justifica, também, por conta da preocupação das pessoas com o autocuidado.  

A população está mais atenta à importância de consultas periódicas com diferentes profissionais, diagnósticos e exames assertivos e hábitos de vida saudáveis, como comprovam dados divulgados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS): o Brasil registrou mais de 49,5 milhões de cadastros em planos privados. O aumento representa 1,5 milhão de beneficiários na comparação com o mesmo mês do ano passado.  

“É um direito básico garantir ao cidadão o acesso a saúde de qualidade em qualquer âmbito, seja público ou privado. O aumento no volume de pessoas buscando atendimento médico regular trata-se de uma combinação de fatores, tais como a conscientização positiva e educativa sobre a importância do autocuidado, isso vem engajando pacientes a buscar ajuda profissional”, afirma. “Na outra ponta, vemos jovens cada vez mais interessados no bem-estar próprio e de familiares, o que implica em mais estudantes se profissionalizando nas áreas do ramo da saúde”, completa Lorena.  

Os cursos de saúde oferecidos pela Pitágoras têm duração de 3 a 10 semestres. A infraestrutura da Instituição conta com laboratórios presenciais e virtuais e um acervo de biblioteca com milhares de títulos. Os estudantes cumprem horas obrigatórias de estágio durante a graduação, para aplicar os conhecimentos de sala de aula em demandas reais com pacientes das redondezas, além de terem acesso ao Canal Conecta, portal de empregabilidade da Kroton que oferece mentoria para entrevistas, confecção de currículos, além de vagas no mercado. 

O corpo discente, supervisionado por professores, participa do atendimento de saúde à população, nas clínicas-escolas de Fisioterapia, Nutrição, Psicologia, Odontologia, Medicina Veterinária e nos Laboratório Escola Análises Clínicas (LEAC). Os serviços são oferecidos por meio de taxa social, para contribuir com a sustentabilidade da ação e contemplar as comunidades ao redor da Faculdade. Os agendamentos podem ser feitos nas secretarias das unidades de todo estado de São Paulo.

Sobre a Faculdade Pitágoras    

Fundada em 2000, a Faculdade Pitágoras já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e ensino técnico, presenciais ou a distância.      

Presente nos estados de Minas Gerais, Maranhão, Goiás, Ceará, Pará, Piauí, Paraíba, Pernambuco, Acre, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Paraná e São Paulo, a Faculdade Pitágoras presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Faculdade Pitágoras oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.     

A Faculdade Pitágoras nasceu herdando a tradição e o ensino de qualidade oferecido pelo Colégio Pitágoras, fundado em 1966, que também deu origem ao grupo Kroton. Para mais informações, acesse o site.      

Sobre a Kroton   

  A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 1 milhão de estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.672 municípios, a instituição conta com 124 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 2.517 unidades, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos. Para mais informações acesse: www.kroton.com.br    

 

Fonte: Ideal H+K Strategies