A saúde das articulações é extremamente importante para a movimentação do pet, são as articulações junto com os músculos que possibilitam que nossos pets corram, pulem, brinquem e explorem os locais ao seu redor.  

Muitas pessoas acreditam que os problemas articulares acontecem por causa da idade, que com o passar do tempo as “pecinhas” das articulações vão se desgastando e deixando de ser flexível. Isso é verdade, o fator idade contribui para o desgaste das articulações, mas não é o único motivo. Pets jovens também sofrem com problemas articulares, seja por predisposição genética, por acidentes como quedas ou pancadas, ou por esforço articular excessivo.

“As doenças articulares atingem tanto os cães quanto os gatos, e os principais sinais são a redução da mobilidade, dificuldade de subir escadas e obstáculos ou até mesmo deixa de subir em lugares que subia antes, como sofás e camas. Nos casos dos gatos, eles deixam de escalar e de se alongar, tendo menos flexibilidade e menor grau de atividade no dia a dia”, explica Tais Motta Fernandes, médica veterinária gerente da linha de produtos terapêuticos da Avert Saúde Animal.

A melhor forma de garantir que o seu pet tenha articulações saudáveis é prevenindo o seu desgaste precoce, e a médica veterinária elencou abaixo quatro formas de cuidar bem das articulações dos pets:

- Cuide da alimentação do pet

Os cuidados adequados com a alimentação ajudam a combater o sobrepeso e a obesidade, fatores que contribuem para o desgaste precoce das articulações, que nos animais acima do peso ideal sofrem com sobrecarga mesmo para realizar os movimentos mais simples do dia a dia. 

 “Em alguns casos é indicado a suplementação com nutrientes essenciais às articulações, como colágeno, condroitina, glicosamina, minerais quelados e ômega-3. Estes suplementos são formulados especialmente para os pets e podem ser encontrados em forma de sticks ou cápsular, e ajudam a proteger e manter as articulações saudáveis, podendo ser utilizados também pelos animais que já possuem algum grau de problema articular, mas sempre sobre prescrição e acompanhamento de um médico veterinário”, esclarece.

- Estimule as atividades físicas

A realização de atividades físicas que estejam de acordo com as condições do pet é uma boa aliada na preservação da saúde articular. Além de combater o sobrepeso dos animais, a atividade física fortalece a musculatura do pet, o que ajuda a equilibrar as articulações.

“Atividade física não precisa ser coisa mirabolante ou uma academia para o pet. Incentivar os felinos a pular, caçar, correr e escalar os móveis é divertido para os tutores e para os gatinhos, e exerce um efeito positivo na saúde se feito regularmente. O mesmo acontece quando brincamos de jogar a bolinha para os cachorros e saímos para caminhar com eles todos os dias. Além de fortalecer os pets, criamos memórias e estreitamos os vínculos com nossos companheirinhos peludos”, alerta Tais.

Atividades sem impacto, como a natação para os cães ou mesmo esteiras na água, podem ser recomendadas para os pets que já tem algumas dores articulares ou que passaram por cirurgias ósseas, exercendo um importante papel na fisioterapia e recuperação destes animais.

- Evite terrenos irregulares e excesso de esforço

Os pisos onde o animal transita também tem uma influência importante na saúde das articulações. As patinhas dos pets são cercadas por pelos, o que faz com que os pisos naturalmente fiquem mais escorregadios, quando os pisos são muito lisos as articulações do pet procuram compensar a instabilidade e o equilíbrio. Caso os pisos lisos não possam ser evitados, é possível adaptar um caminho para os pets com tapetes de borracha, que melhoram a estabilidade do animal e são fáceis de limpar.

Tais lembra que: “Facilitar o acesso dos pets aos locais mais altos, como sofás ou camas, também é uma maneira de cuidar das articulações. Neste caso, especialmente para os cães menores. É possível usar rampas ou escadas específicas para o pet a fim de evitar que eles saltem grandes alturas e sobrecarreguem as articulações com o impacto – tanto para subir quanto para descer”.

- Mais cuidados no frio

No outono-inverno, os pets que sofrem com doenças articulares sentem mais dor ao realizar os movimentos normais do dia a dia, a temperatura mais baixa restringe a circulação sanguínea e as articulações tendem a ficar mais rígidas. Por isso, se o seu pet já apresenta algum problema nas articulações lembre-se de deixar o ambiente dele sempre quentinho, agradável e aconchegante para ele.

“Em dias frios, é possível fazer compressas ou colocar almofadinhas mornas nas articulações dos pets para aquecer, especialmente no período da manhã, quando a temperatura é mais baixa e as articulações estão mais rígidas”, finaliza.

Cuidar das articulações dos pets é promover qualidade de vida e poder ter um animalzinho ativo, alegre, saudável e com energia por muito mais tempo!

Sobre a Avert Saúde Animal

Avert Saúde Animal é uma divisão da inovadora farmacêutica Biolab e atua no mercado veterinário desde 2013 com o compromisso de colaborar com o acesso às melhores práticas farmacêuticas, para o desenvolvimento contínuo da medicina veterinária brasileira. Possui em sua linha: medicamentos, nutracêuticos e dermocosméticos para cães e gatos e o investimento em tecnologias de produção e busca pela inovação para a saúde e bem-estar animal é constante. Acesse: www.avertsaudeanimal.com.br