O inverno é marcado pelas baixas temperaturas e quedas na umidade do ar, cujos índices podem chegar abaixo de 15% em diversas regiões do país. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), níveis de umidade abaixo de 30% são considerados prejudiciais e, por isso, é importante desenvolver e reforçar hábitos para amenizar a secura e manter a boa saúde durante esse período, especialmente para pessoas que possuem problemas respiratórios e dermatológicos.

O tempo seco provoca ressecamento das mucosas das vias respiratórias, causando sensações de desconforto nasal, como ardência e até sangramento. As vias aéreas ficam mais suscetíveis a adesão de germes e micro-organismos, como vírus e bactérias, podendo causar infecções, que vão desde resfriados e rinites a quadros mais graves como bronquite e pneumonia. O aumento da circulação desses vírus e bactérias durante o período frio e seco favorece também o aparecimento de sintomas como tosse seca, congestão nasal e irritação de olhos e garganta - que podem evoluir para quadros mais graves em pessoas com doenças crônicas preexistentes, como asma ou bronquite.

De acordo com Raíssa Ferreira Almeida, farmacêutica da Drogarias Pacheco, um dos principais hábitos de prevenção é o uso de soro fisiológico para hidratar as vias aéreas e os olhos. “Por ficarem mais susceptíveis a agentes causadores de doenças, ao hidratar essas partes, evita-se que os germes se fixem nas mucosas, causando doenças”, explica. Há ainda os inaladores e géis de hidratação nasal como opções para o período seco, pois mantêm a hidratação das vias aéreas de forma prolongada. “Existem tipos diferentes de inaladores (nebulizadores), para diversos tipos de necessidade, que utilizados com soro fisiológico e até com medicação, previnem, aliviam e evitam recorrência de crises de asma, bronquite, sinusite, quadros inflamatórios, entre outros”, completa.

Para quem tem alergias ou doenças respiratórias, a recomendação, além do uso de inaladores, é o uso de umidificador – indicado para trazer mais umidade ao ar em um determinado ambiente. A nebulização é um procedimento que ajuda a desentupir e descongestionar as vias aéreas, permitindo a passagem mais fácil de ar, aliviando incômodos como chiado e respiração curta, proporcionando sensação de alívio e bem-estar, de forma ágil e com menos efeitos colaterais, se comparado à ingestão de medicamentos via oral. “Além de evitar crises, esses cuidados ajudam a prevenir quadros de infecção, que exigem tratamentos medicamentosos mais severos, como o uso de antibióticos”, pontua a farmacêutica Raíssa Almeida.

Outra grande aliada da saúde é a prática de exercícios físicos regulares, que melhoram a função cardiorrespiratória e o sistema imunológico. Essa orientação é muito importante, especialmente para quem tem obesidade e hipertensão, por exemplo. Uma boa dica é se alimentar de forma leve antes de praticar exercícios, para evitar mal estar e lembrar sempre de utilizar hidratante e protetor solar durante o dia, bem como ingerir líquidos antes, durante e depois da atividade física, mesmo com as temperaturas mais amenas. Além disso, é essencial a hidratação da pele. O uso de hidratantes corporais evita dermatites e alergias de pele devido ao ressecamento, especialmente em idosos.

Como o tempo seco é um período que aumenta a circulação dos vírus respiratórios, é importante atentar-se para a hidratação interna e externa, visto que a chegada do tempo mais frio alerta para cuidados redobrados com a saúde, em especial para crianças, idosos e pessoas que já possuem histórico de doenças respiratórias agudas e crônicas. “Tais cuidados com a saúde ganham mais importância no contexto da pandemia da Covid-19, principalmente devido às semelhanças dos sintomas com os sintomas das demais doenças infecto contagiosas, como mal estar, dor de cabeça e no corpo, coriza, tosse, febre e, até mesmo, outras complicações, como falta de ar, chiado e insuficiência respiratória”, alerta a farmacêutica.

Sobre o Grupo DPSP

Com a missão de proporcionar qualidade no atendimento, cuidados com a saúde e bem-estar a todos, o Grupo DPSP nasceu em 2011 e conta com as redes Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo. A companhia é um dos principais players do varejo farmacêutico com aproximadamente 1.400 lojas em 8 estados do Brasil, além do Distrito Federal. Hoje, o Grupo DPSP atende seus clientes em lojas físicas, e-commerce, televendas e aplicativo. As marcas Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo levam em seu DNA uma história de confiança e credibilidade no mercado nacional da saúde, preocupando-se constantemente em oferecer excelência em seus processos e a garantia da satisfação do consumidor.

 

 

Fonte: Ideia Comunicação