Pint of Science transforma ciência e tecnologia em conversa de bar na capital mineira

Festival acontece nos dias 14, 15 e 16 de maio em Belo Horizonte, com a realização de 15 conversas e bate-papos


Por Bem Minas

03/05/2018 às 09:55:00

Pint of Science transforma ciência e tecnologia em conversa de bar na capital mineira

Belo Horizonte recebe pela terceira vez o Pint of Science, um dos maiores eventos de divulgação científica no mundo. Nos dias 14, 15 e 16 de maio (segunda a quarta-feira), cinco bares da capital sediam bate-papos com cientistas sobre temas como indústria 4.0, fake news, genética, criptomoedas, astronomia e muito mais.

O festival chega a BH por ação do Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), e será uma oportunidade para que os mineiros tenham conversas descontraídas sobre ciência e entendam melhor a dinâmica por trás das pesquisas desenvolvidas no estado.

A proposta é aproximar a população dos temas, esclarecer dúvidas, apresentar pesquisas recentes nas áreas do conhecimento e divulgar a produção científica em Minas Gerais.

Ao todo, serão promovidas 15 conversas, distribuídas entre os bares:

- A Cantina do Lucas recebe palestras sobre fake news, celulose e recursos digitais, e alergias e intolerâncias;
- Na Cafeteria MM Gerdau acontecem conversas sobre indústria 4.0, vírus e mutação, e criptomoedas;
- Já o Filé Espeto & Cia recebe apresentações sobre rótulos e embalagens de alimentos, astronomia, e genética;
- Enquanto a Villa Floriano Pizzaria recebe palestras nos temas de ciências do fígado, relógio biológico, e química na investigação;
- E, por fim, o Xico da Carne sedia conversas sobre história e química, botox na estética, e novos materiais na construção civil.

A programação completa e todas as informações sobre cada conversa estão disponíveis no site pintofscience.com.br. A entrada é gratuita – paga-se apenas o que for consumido nos estabelecimentos –, não há necessidade de inscrição e não há emissão de certificado.

De Norte a Sul do Brasil

O Pint of Science nasceu em 2013, como uma iniciativa de pesquisadores da Inglaterra, e se expandiu graças a uma rede de voluntários. Neste ano, 21 países promoverão o evento de forma simultânea.

No Brasil, onde o festival foi realizado pela 1ª vez em 2015, o Pint of Science acontecerá em 56 municípios distribuídos pelas cinco regiões e a expectativa é de que 50 mil pessoas compareçam aos bate-papos.

 

Fonte: Agência Minas

Imagem: Google