Mostra de cinema de Tiradentes tem como vencedor filme “Baixo Centro” de BH

O filme se passa nas ruas de Belo Horizonte e mostra personagens que se relacionam com o ambiente urbano da capital.


Por Bem Minas

29/01/2018 às 10:01:00

Mostra de cinema de Tiradentes tem como vencedor filme “Baixo Centro” de BH

Neste sábado (27) terminou a 21ª Mostra de Cinema de Tiradentes com o anúncio dos filmes vencedores. O júri da crítica premiou com o troféu Barroco o longa-metragem “Baixo Centro”, de Ewerton Belico e Samuel Marotta.

O filme se passa nas ruas de Belo Horizonte e mostra personagens que se relacionam com o ambiente urbano da capital. Este é o segundo ano consecutivo de um filme mineiro premiado pelo júri da crítica da Mostra Aurora. Em 2017, “Baronesa”, de Juliana Antunes, ganhou o troféu Barroco.

Ao receberem o prêmio, Belico e Marotta leram uma carta da Associação de Trabalhadoras e Trabalhadores do Cinema Independente de Minas Gerais. O texto pede ao governo do estado uma maior participação da classe audiovisual nos processos de elaboração de editais de financiamento e distribuição de verba para produção.

Veja a baixo todos os premiados:

  • Melhor longa-metragem Júri Popular: “Escolas em Luta” (MG), de Eduardo Consonni, Rodrigo T. Marques e Tiago Tambelli
  • Melhor curta-metragem Júri Popular: “A Retirada para um Coração Bruto” (MG), de Marco Antônio Pereira
  • Melhor curta-metragem pelo Júri da Crítica, Mostra Foco: “Calma” (RJ), de Rafael Simões
  • Melhor longa-metragem pelo Júri Jovem, da Mostra Olhos Livres: Prêmio Carlos Reichenbach “Inaudito (SP)”, de Gregorio Gananian.
  • Melhor longa-metragem da Mostra Aurora, pelo Júri da Crítica: “Baixo Centro” (MG), de Ewerton Belico e Samuel Marotta.
  • Prêmio Helena Ignez para destaque feminino: Julia Katharine, roteirista e atriz de “Lembro Mais dos Corvos” (SP).
  • Prêmio Canal Brasil de Curtas: “Estamos Todos Aqui” (SP), de Chico Santos e Rafael Mellim.

 

 

Fonte: G1

Imagem: G1/Reprodução – Tv Globo