Ex-prefeitos de Esmeraldas Flávio Leroy e Glacialdo Souza são presos por fraude

Eles são acusados de fraude em licitação, organização criminosa e corrupção, passiva e ativa


Por Bem Minas

17/07/2017 às 09:28:00

Ex-prefeitos de Esmeraldas Flávio Leroy e Glacialdo Souza são presos por fraude

Na manhã desta segunda-feira (17) foram presos pela Polícia Civil, os ex-prefeitos de Esmeraldas Luís Flávio Malta Leroy (PSD) e Glacialdo de Souza Ferreira (PT).

Eles foram presos durante uma operação Pitolomeu, que combate a fraudes em licitações, corrupção ativa e passiva e formação de organização criminosa.

11 prisões e quatro mandados de condução coercitiva e 27 de busca e apreensão foram cumpridos na operação conjunta da Polícia Civil e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Participam da operação, que acontece também em Contagem e Brumadinho, 24 delegados, dois promotores, sete oficiais de Justiça e 181 investigadores da Polícia Civil.

 

Mais de dez carros de luxo, grande quantia em dinheiro, cofres, computadores, joias, entre outros produtos já foram apreendidos até o momento.

Também foram presos e conduzidos coercitivamente o ex-assessor da prefeitura, Vander Marçal; o filho do vereador Marcelo Palhares (PV), Marcelinho Banha; os ex-secretários de obras, Bruno Jardim e Silvio Lúcio; a mulher do ex-prefeito Glacialdo, Michelle Ferreira; os ex-secretários de educação Jane Fátima, Lilian Lessa e Marcelo Palhares; o vereador Marcos Vinicius (PHS); e os três empresários de Brumadinho Emilson Custódio Melo Barcelos, Adenir Vicente Cândido e Jeci Cândido. O empresário Joubert Caran Amorim Junior, que seria laranja do esquema, também foi levado para delegacia.

 

Imagem: Google / O Tempo