Eleições de 2018 serão marcadas pela polarização do eleitorado, diz Eunício

Eunício alertou os presentes para o fato de que toda eleição é única e que o pleito de 2018 corre o risco de ser marcado por uma profunda polarização do eleitorado.


Por Bem Minas

10/05/2018 às 11:05:00

Eleições de 2018 serão marcadas pela polarização do eleitorado, diz Eunício

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, comandou a Sessão Temática de Debates: "Paz no processo eleitoral", realizada nesta quarta-feira (9) no Plenário. Eunício alertou os presentes para o fato de que toda eleição é única e que o pleito de 2018 corre o risco de ser marcado por uma profunda polarização do eleitorado.

- Não é uma ‘mera’ polarização, no sentido de rivalidade partidária. Até o momento, o risco é de uma cisão profunda, que chega, algumas vezes, às raias da violência, e cujo caráter antidemocrático parecia ter-se perdido em nosso passado - destacou.

De acordo com o presidente do Senado, já se registraram inúmeros casos de agressão e ameaças a políticos, magistrados e cidadãos e o que se deve ter em mente é que, qualquer agressão, seja física, de censura ou de impedimento do livre debate de ideias, ofende a democracia e a liberdade.

- Volto a dizer: o que tem ocorrido no Brasil ultimamente não é desavença, não é mal-entendido; é uma brutal intolerância, que, no médio e longo prazos, pode comprometer nosso projeto de nação democrática - disse Eunício.

O presidente do Senado enumerou três elementos que contribuem para o cenário atual de polarização política. O primeiro, a revolução que se deu no debate público, com o advento das redes sociais. Segundo Eunício, esse ambiente, com a facilidade do anonimato, possibilitou a pessoas inescrupulosas ganho financeiro – ou político – por meio das chamadas fake news e a consequência disso foi o envenenamento da internet.

Ao finalizar o discurso, Eunício disse que os outros dois elementos que completam esse pano de fundo são a crise econômica, "que felizmente começamos a superar"; e a crise política desde a última eleição.

- O resultado tem sido a radicalização, a violência verbal nas redes, com polêmicas desinformadas e virulentas, além de outros casos graves de ameaças e violência física, até mesmo assassinato - lamentou Eunício.

 

Fonte: Agência Senado

Imagem: Google